Não interessa aos libertários saber quantos são, pois nas suas hostes não se recrutam agentes do poder e muito menos se atribuem números aos militantes. (carlos fonseca)

"Sou um bug ou dois na minha vida". (lena berardo)

sábado, 3 de julho de 2010

Escrita Feminina

Estou a lavar soutiens.

(Andava nas lides domésticas e resolvi escrever para me libertar desta sociedade patriarcal, numa forma de subversão aos limites impostos à minha condição de mulher.)

2 comentários:

Rosa Oliveira disse...

Os soutiens são uma vírgula excessiva na minha dissertação existencial. Carrego-os, sociologicamente falando. São-me um fenómeno social
Do ponto de vista biológico quase me provocam apoplexia
do ponto de vista (est)ético, lembro, carinhosamente, os 38 copa B sob o efeito, se não me engano, duma hormona de nome estranho: oxitocina (se não for, paciência...).
Geograficamente pensando, costumam, encher-se-me de planícies.
Em suma: uso-os pelo prazer de os lavar. Pior são os brancos que tendem a encardir com o suor deste cima-abaixo de submissão patriarcal

De resto, força na eliminação de vírgulas.
Cuidado com as copas

joaninha versus escaravelho disse...

Uma bela dissertação filosófica! :D
Gostei particularmente com o "cima-abaixo".
É exactamente isso que sinto. :)